Construção Saudável - Informativo

Boletim Informativo- Ano 08- nº 71/ Julho 2011

Sinduscon-Pa Lança Campanha Construção Saudável

Doenças infectocontagiosas, devido a fatores climáticos e sociais estão ainda muito presentes no estado, assim como em toda a região norte. Visando a conscientização e a prevenção  acerca dessas doenças, o Sinduscon-Pa lançou no dia 05 de julho, no auditório Albano Franco, da Fiepa, a campanha Construção Saudável. A campanha que integra a política de responsabilidade social do sindicato, tem o apoio do Ministério Público do Estado (MPE), da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), da Associação dos Dirigentes das Empesas do Mercado Imobiliário (ADEMI) e da Associação das Construtoras de Obras Públicas do Estado do  Pará (ACOP).

Para maiores esclarecimento dos presentes, foram realizadas palestras sobre doenças que são abordadas nessa primeira fase da campanha, tais como: tuberculose, dengue e hanseníase. A Doutora Maria Antonieta Espíndola, médica do trabalho do Sinduscon-Pa, falou sobre a dengue, seus sintomas e as formas de prevenção. Moacir Martins, sindicalista e ex-portador da hanseníase, falou da sua experiência no diagnostico e no tratamento da doença.

A tuberculose foi abordada pela pneumologista do hospital João de Barros Barreto, doutora Ninarosa Calzavara Cardoso, que além de mostrar histórico da doença no Brasil e no mundo, trouxe dados alarmantes sobre a enfermidade na região norte.
O evento contou com a participação de trabalhadores, empresários e autoridades do Setor. A técnica de segurança do trabalho Terezinha Melo dos Santos, funcionária de uma construtora que opera no interior do estado, participou do evento e revelou que atuará como multiplicadora, levando as informações adquiridas para os canteiros da empresa nos municípios de Abaetetuba, Moju e Tomé-Açú.

“Essa iniciativa do Sinduscon é muito válida vamos aplicar os conhecimentos diretamente na realidade dos nossos canteiros no interior” afirmou. O segundo passo da campanha será a inscrição e agendamento das empresas interessadas em receber visitas dos profissionais de saúde do trabalho. A intenção é observar o que pode ser melhorado na organização para evitar a proliferação das doenças, focando sempre a prevenção. Durante as visitas, os trabalhadores serão esclarecidos sobre a prevenção, os sintomas e tratamentos das doenças em questão.

A campanha Construção Saudável abordará futuramente outros temas que também interferem na qualidade de vida da coletividade. Tópicos como alcoolismo, tabagismo e doenças sexualmente transmissíveis são os mais cotados para as próximas etapas da campanha que tem a duração prevista de três anos.

Durante o evento foram distribuídos alguns exemplares dos materiais impressos com conteúdos desenvolvidos especialmente para essa primeira fase da campanha. A cartilha explicativa, o folder e o cartaz foram disponibilizados gratuitamente para  os participantes.