Construção Saudável - Informativo

Boletim Informativo- Ano 08- nº 96 / Setembro 2013

Campanha Construção Saudável beneficia mais de 400 trabalhadores

No mês de agosto, mais de 420 trabalhadores de sete empresas participaram de palestras educativas realizadas pelo projeto Construção Saudável a campanha promovida pelo Sinduscon-PA desde 2011, com abordagens de assuntos como prevenção e tratamento de doenças.

Trabalhadores de 14 canteiros de obras tiveram a oportunidade de ter acesso a informações sobre tabagismo, alcoolismo e as doenças sexualmente transmissíveis, as DST’s. Os temas foram escolhidos a partir de pesquisas com os colaboradores. “A palestra serviu de alerta. Muitos companheiros fumam, e não têm idéia do mal que isso pode causar, inclusive para aqueles que não fumam, mas que ficam ao lado”, destacou o trabalhador Paulo Sérgio Monteiro Ferreira, que acompanhou a palestra no canteiro de obras Engefix Construção
LTDA, do empreendimento Gree Park, localizado na rodovia Mário Covas.

Para o colaborador Allan Rodrigo Morais da Silva, a palestra foi importante para esclarecer dúvidas sobre a importância da prevenção de DST’s. “Valeu apena porque todos temos muitas dúvidas sobre esse tipo de doença, que pode acontecer a qualquer um que não souber se cuidar”, declarou.

A segunda fase da campanha aborda os temas mais citados pelos trabalhadores durante uma pesquisa realizada em 2012 pelo Sinduscon-PA. Na ocasião, as DST’s representaram dúvidas de 54,70% das pessoas.

Para Tatyana Cardias, engenheira de Segurança do Trabalho da CMM Engenharia, a parceria com a Central de Serviços do Sinduscon-PA é valiosa por oportunizar informações de prevenção de doenças entre os trabalhadores. “O conhecimento é a melhor iniciativa das medidas de prevenção de acidentes. Além disso, faz parte do programa educativo da empresa, já que também instruímos os funcionários para prevenir acidentes.

Então a parceria contribui conjuntamente com as construtoras na redução de acidentes e doenças nas estatísticas”, declarou. O projeto é ação integrante da política de responsabilidade social desenvolvida pelo sindicato. A campanha tem o apoio do Ministério Público do Estado (MPE), da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), da Associação dos Dirigentes das Empresas do Mercado Imobiliário (ADEMI) e da Associação das Construtoras de Obras Públicas do Estado do Pará (ACOP).