Construção Saudável - Informativo

BOLETIM INFORMATIVO - ANO 11 - Nº 132/SETEMBRO 2016

Palestras têm sucesso de público
No último trimestre, a Central de Serviços do Sinduscon-PA realizou dezessete palestras do projeto Construção Saudável. Os quatro módulos foram apresentados em catorze canteiros de treze empresas diferentes, alcançando um total de 1.346 trabalhadores impactados entre os meses de julho e setembro.
A palestra mais procurada pelas empresas foi a do módulo II – referente a Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs), tabagismo e alcoolismo. Foram nove explanações do tema, com um público total de 604 colaboradores. Embora tenha sido abordado um número menor de vezes nos canteiros, o módulo III – que trata das doenças crônicas lombalgia, hipertensão e diabetes – foi o que obteve maior número de participantes, com um total de 619 pessoas.
O módulo I alcançou 106 pessoas em única palestra, discutindo com os trabalhadores a prevenção e os sintomas da dengue, da hanseníase e da tuberculose. O módulo especial, que enfoca as três doenças vetorizadas pelo mosquito Aedes aegypti (dengue, zika vírus e chikungunya), também só foi ministrado uma vez nos últimos três meses, totalizando 17 participantes.
O canteiro do Residencial Novo Cristo I - empreendimento da Síntese Moradia e Construções - recebeu as palestras dos módulos II e III durante a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (Sipat), com um público de quase 200 trabalhadores em cada uma.
O técnico em segurança do trabalho Marcelo Araújo Coelho defendeu a relevância do projeto. “São palestras importantes, porque tratam de doenças do cotidiano sobre as quais o trabalhador precisa tomar conhecimento. Esse esclarecimento foi passado a eles de maneira bem acessível, e eles receberam isso muito bem”, aprovou.