Sinduscon-PA / 2015

Notícias

Senado propõe prioridade a obras inacabadas para a Presidência da República

Postado em: 05/07/2016

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou que vai sugerir ao presidente interino Michel Temer que se faça um levantamento de obras inacabadas junto aos governadores dos estados brasileiros. A ideia, que também é compartilhada pelo senador Otto Alencar (PSD-BA), é finalizar as construções em andamento no país. Uma lista deverá ser enviada pelos ministérios, com as obras de cada município.

"São mais de 30 mil obras, grandes e pequenas, com restos a pagar que já monta 250 bilhões de reais. Então, em um desperdício desse, um cemitério desse de obra inacabadas, não tem sentido que comecemos a cada ano novas obras, sem pensarmos no que ficou para trás em obras inacabadas", afirmou Calheiros.

Como exemplo de obra abandonada, o senador Alencar citou a Ferrovia Leste-Oeste, que já consumiu R$ 2 bilhões e foi idealizada para o escoamento da produção do estado do Tocantins e do oeste da Bahia ao aeroporto de Ilhéus (BA). Alencar afirmou que a obra está paralisada na maioria de seus trechos. Na última quinta-feira (30) foi deflagrada a Operação Tabela Periódica, da Polícia Federal, que é referente a investigações de cartel, fraude e pagamento de propinas na obra.

Já foi criada uma subcomissão dentro da Comissão de Fiscalização e Meio Ambiente, que será responsável por analisar a situação de cada uma das construções. "Buscamos informações junto ao Tribunal de Contas da União, à Controladoria Geral da União e também ao Ministério do Planejamento. Já temos um requerimento aprovado para uma audiência pública com alguns Ministérios, com a presença de alguns Ministros, e também do TCU e da CGU", afirmou Ataídes Oliveira (PSDB-TO), presidente da subcomissão.

http://infraestruturaurbana.pini.com.br/solucoes-tecnicas/noticias/senado-propoe-prioridade-a-obras-inacabadas-para-a-presidencia-da-371649-1.aspx

Fonte: Portal PINIweb