Sinduscon-PA / 2015

Notícias

Alta do Sinapi desacelera em novembro, aponta IBGE

Postado em: 13/12/2016

O Índice Nacional da Construção Civil (Sinapi) variou 0,10% em novembro, ficando bem abaixo da taxa de outubro, de 0,64%. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a alta do indicador nos últimos 12 meses está em 6,18%, resultado inferior aos 6,37% registrados no período anterior. Em novembro de 2015, o valor apresentado foi de 0,28%.

O custo nacional de construção por metro quadrado fechou o mês de novembro em R$ 1.022,26, sendo R$ 531,18 relativos aos materiais e R$ 491,08 à mão de obra. Em outubro, o valor era de R$ 1.021,25.

Com isso, a parcela dos materiais apresentou queda de -0,06%, recuando 0,16 pontos percentuais em relação à taxa do mês anterior (0,10%). Já a de mão de obra variou 0,27%, bem menos do que no mês anterior (1,23%).

Os acumulados do ano até novembro ficaram em 91% (materiais) e 9,77% (mão de obra), e em 12 meses, em 3,03% (materiais) e 9,77% (mão de obra).

A região Nordeste foi aquela a apresentar a maior variação regional no mês, com 0,53%. Ela é seguida da Norte (-0,12%), Sudeste (-0,15%), Sul (0,05%) e Centro-Oeste (0,13%).

Os custos regionais por metro quadrado foram: R$ 1.036,79 (Norte), R$ 945,74 (Nordeste), R$ 1.071,71 (Sudeste), R$ 1.045,86 (Sul) e R$ 1.033,10 (Centro-Oeste). O estado do Pernambuco teve a maior variação mensal, de 2,47%, devido à pressão exercida pelo reajuste salarial do acordo coletivo.

http://construcaomercado.pini.com.br/negocios-incorporacao-construcao/construcao/alta-do-sinapi-desacelera-em-novembro-aponta-ibge-376942-1.aspx

Fonte: Luísa Cortés, do Portal PINIweb